4 alimentos que você nunca deve comer para conseguir uma barriga definida
"Parece tão fácil..."
"Esta dieta chegou na hora certa. Depois de ter cuidado por tempo integral da minha mãe doente, não tinha mais tempo para cuidar de mim. Após a sua morte, esta dieta pobre em carboidratos foi a chave para o meu sucesso. 
E é tão fácil! Eu sei que isso não parece possível e ninguém acredita em mim totalmente, mais foi muito fácil e os resultados foram impressionantes.
Eu tive uma consulta com meu médico e claramente não estava com uma saúde perfeita, mas com a ajuda deste programa nutricional genial, reduzi minha pressão arterial, meu colesterol está em níveis saudáveis e meu diabetes está controlado.
Isso sem falar da perda de peso e da melhora da minha energia. Além disso, as sensações constantes de “não ter comido o suficiente”, de ter vontade de açúcar e de morrer de fome à noite desapareceram.
Eu sei que pode parecer difícil de acreditar, mas é verdade. Eu lamento somente não ter seguido esta dieta nos últimos 40 anos. Mas nunca é tarde para ter energia e sentir-se bem. Desejem-me sorte para continuar e francamente...tentem vocês também seguir uma dieta pobre em carboidratos.
- Joni Burg

“Eu perdi 18 quilos e não preciso mais de remédios para controlar a pressão arterial...”
Eu não me arrependo de ter começado a comer menos carboidratos. Comecei esta dieta na primeira semana de Julho de 2016 e perdi 18 quilos desde então. Também fui capaz de parar de tomar meus remédios de controle da pressão arterial.
Eu já havia tentado diversas outras dietas e elas nunca funcionaram, diferentemente da dieta pobre em carboidratos. Todo mundo me elogia e eu pude até mesmo ajudar outras pessoas a começar a comer de forma saudável.
- Tim Friddle
“Esta manhã minha glicemia estava em 75...”
Graças a um plano alimentar pobre em carboidratos, meus níveis de glicose estão hoje bem mais baixos. Geralmente, eu me levantava pela manhã com um nível de glicose entre 180 e 250 e lutava todo o dia contra a insulina. Esta manhã, minha glicemia estava em 75. Ela nunca esteve assim tão baixa ao levantar. Sim, eu consultei meu médico a respeito desta dieta e ele me deu seu aval.
Muito obrigado,
William Funderburke
“Eu perdi 25 quilos nas últimas 24 semanas...”
“Eu tinha três objetivos para o meu peso: 117 quilos até o fim de Junho, 104 quilos até o Bar Mitzvah de meu filho em Agosto de 2016 e 90 quilos até Janeiro de 2017. Eu gostaria de reportar meu progresso, porque cheguei na metade esta semana. Eu perdi 25 quilos nas últimas 24 semanas.
Depois de ter perdido 6 quilos durante as 4 primeiras semanas, minha perda de peso foi bem regular, aproximadamente de 3 a 5 quilos por mês. Eu perdi 23 cm de cintura. Estou próximo de atingir meu último objetivo. Uma dieta pobre em carboidratos não é um regime, mas sim um hábito de vida.”
Fredric Smith
“Eu perdi 7 quilos em pouco tempo...”
“Olá a todos – eu sempre fui muito cética com dietas. Entretanto, eu sabia que tinha que fazer ALGUMA COISA para cuidar do meu peso. Eu comecei então a seguir uma dieta pobre em carboidratos. Comecei em Maio de 2015 quando pesava 91 quilos. A dieta foi surpreendentemente fácil de seguir e não tive nenhum problema em continua-la.
E a boa notícia é que FUNCIONA! Perdi 7 quilos desde que comecei. É genial. Meus níveis de glicemia e de pressão arterial diminuíram. E.…o melhor é que eu posso voltar a usar as roupas que não me serviam há MUITO tempo! ”
- Caroline Martin
“Depois de apenas 90 dias, perdi um total de 18 quilos...”
“Acredito que podem estar interessados em saber que depois de 90 dias, perdi aproximadamente 18 quilos. Comecei com 101 quilos em Maio de 2016 e estava com 83,5 quilos em Agosto de 2016. Passei inclusive uma semana de férias ensolaradas na metade de Julho.
Além disso, os sintomas da minha artrose foram significativamente reduzidos e tenho muito menos dor nas articulações pela manhã. Ainda falta perder 4 quilos, mas estou muito contente com os meus resultados.”
- Larry Dusak
“Meu colesterol diminuiu 32 pontos...”
“Uau ! Acabei de receber meus primeiros testes sanguíneos desde que comecei esta dieta (há menos de 2 meses). Vocês tinham razão! Meu nível de colesterol caiu 32 pontos e está quase normal. Meus níveis de triglicérides baixaram 50 pontos e o colesterol LDL baixou 22 pontos. Meus níveis de HDL ficaram praticamente estáveis, ao redor de 45. Meu médico mal pôde acreditar e me aconselhou de continuar a fazer o que estou fazendo.
Eu perdi 11 quilos e me sinto em boa forma. Tenho certeza que meus testes sanguíneos vão continuar a melhorar. Não é que não acreditava em vocês, mas quando vi com os meus próprios olhos, fiquei feliz. Gostaria apenas de compartilhar esta boa notícia com vocês. Não preciso mais de medicamentos e acredito totalmente em uma dieta pobre em carboidratos. Obrigado !!!!”
- Karen B.
“Eu perdi 24 quilos (fui de 82 para 58 quilos)...”
“Faz aproximadamente 8 meses que estou seguindo uma dieta pobre em carboidratos e eu perdi 24 quilos (fui de 82 para 58 quilos). Na verdade, estou mantendo meu peso em 58 quilos há 3 meses. Gostaria de perder ainda 1 ou 2 quilos, mas francamente não exagero porque prefiro regularmente aproveitar meus “dias do lixo”.”
- Hui Li
“Meu pai perdeu 18 quilos e minha mãe 11 quilos...”
Comecei a seguir uma dieta pobre em carboidratos há alguns meses e mesmo tendo alguns “percalços” (férias de uma semana, jantar de aniversário), consegui perder 11 quilos e mantê-los. Adoro comer menos carboidratos por várias razões, mas minha favorita é que esta dieta é muito fácil de seguir.
Tenho 2 filhos e sempre tive dificuldade para controlar o meu peso depois de seu nascimento. Sempre fui magra, então ganhar todo este peso depois da gravidez foi muito difícil. Tentei de tudo – me matar na academia, seguir dietas detox e hiperproteicas e, ainda que tenha perdido peso dessa forma, era impossível mantê-lo. Esses programas eram muito difíceis de seguir e eu estava desmotivada.
Outra razão pela qual eu adoro uma dieta pobre em carboidratos é porque eu me sinto verdadeiramente em boa forma (não somente graças à perda de peso, mas também porque estou comendo melhor).
Meus pais estão seguindo a mesma dieta. Meu pai perdeu 18 quilos e minha mãe perdeu 11 quilos. Meu pai sofria de problemas severos de refluxo gástrico, de apneia do sono e de asma. Todos os sintomas praticamente desapareceram!!!!! É incrível!!!"
- Ashley Rooks
CONTATO DAS PESSOAS QUE ACEITAR DAR UM DEPOIMENTO NO VÍDEO:

Jane Britton: [email protected]
Ian Richards: [email protected]com
Gabriela Soto: [email protected] 
Lindha Vikström: [email protected]
Sara Merco: [email protected] 
Antonella Nolerone: [email protected]
Você verá nesta apresentação:

4 alimentos ditos “saudáveis” que forçam seu corpo a armazenar gordura

A solução natural aprovada por 3 famosos médicos para perder seus quilos a mais de uma vez por todas

O problema comum que afeta 23% da população que lhe IMPEDE de perder peso

O terrível hormônio descoberto pelos pesquisadores da Universidade de Harvard que causa todos os seus problemas de peso

Fontes / Referências científicas:
1: http://www.obesityresearchclinicalpractice.com/article/S1871-403X(15)00121-0/abstract
2: http://newsroom.ucla.edu/releases/Dieting-Does-Not-Work-UCLA-Researchers-7832
3: http://nedic.ca/know-facts/statistics
4: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4864009/
5: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19689837
6: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20960553
7: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC380258/
8: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4038351/
9: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25527677
10: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24015695
11: http://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa022637
12: http://www.jpeds.com/article/S0022-3476(02)40206-5/abstract
13: http://press.endocrine.org/doi/full/10.1210/jc.2002-021480
14: http://annals.org/aim/article/717451/low-carbohydrate-ketogenic-diet-versus-low-fat-diet-treat-obesity
15: https://www.hsph.harvard.edu/nutritionsource/carbohydrates/low-carbohydrate-diets/
16: http://aje.oxfordjournals.org/content/176/suppl_7/S44.full